quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Então o verão chegou

Olá a todos!

Hoje venho falar-vos da minha opção de protetor solar

Desde que comecei este estilo de vida, que pensava, "quando me acabar o protetor solar, onde arranjarei um sem embalagem, ou em embalagem amiga do ambiente?"

Penso que quem já anda nestas andanças se apercebe que é inevitável também se preocupar com a própria saúde e escolher produtos que não tenham químicos.

Já conhecia a LuaDia Terapias do instagram, e já tinha experimentado uma barra hidratante para o corpo, que atualmente uso sempre que me depilo (adoro, as pernas ficam macias), por isso, assim que surgiu o protetor solar, a minha decisão foi imediata e questionar se tinha a proteção adequada para o meu tipo de pele. 

Após esclarecimento, comprei o frasco de 100ml e digo-vos, adoro, e recomendo-vos. Apesar de a proteção ser FPS 25, uso habitualmente  no rosto, no corpo e na minha tatuagem (sempre que saio de casa em que a mesma esteja exposta) e quando vou para a praia. Nos dois dias que fiz praia até agora, garanto-vos que não tive escaldão (eu frequentemente tinha escaldões nos primeiros dias de praia, todos os anos) e ainda me deixa com uma cor bronzeada.

Têm que experimentar!

Além de biológico, é Vegan!



...

Hello everyone!

Today I come to tell you about my choice of sunscreen.

Ever since I started this lifestyle, I thought, "When I finish the sunscreen, where will I get one without packaging, or packaging environmentally friendly?"

I think that those who are already in these wanderings realize that it is inevitable to also worry about their own health and choose products that do not have chemicals.

I already knew the LuaDia Therapies of the instagram, and I had already tried a moisturizing bar for the body, which I use whenever I shave myself (I love it, my legs are soft), so when the sunscreen came on, my decision was immediately and questiones, whether I had adequate protection for my skin type.

After clarification, I bought the bottle of 100ml and I tell you, I love it, and I recommend it to you. 

Although the protection is SPF 25, I usually use it on my face, body and tattoo (whenever I leave the house where it is exposed), and when I go to the beach. On the two days I've been on the beach so far, I assure you I had no scald (I often had scalds the first few days of the beach, every year) and still leaves me with a tan color.

You have to try!

Besides biological, it's Vegan!



terça-feira, 3 de julho de 2018

Um pequeno passeio em familia - Parte III

Olá a todos!

A primeira estadia foi no Hotel Fátima, e digo-vos ainda há muito a fazer-se nos hoteis.
Durante anos, pensei que pequenos pormenores e cuidados com o ambiente, mas também com a própria gestão interna de um hotel. Já que quem se preocupa com o ambiente, também se preocupa com o próprio "bolso", lucros, prejuízos de um negócio. Como todos sabem, uma empresa, ou negócio, tem custos fixos, principalmente aqueles que têm uma casa aberta ou um escritório e portanto, água, luz e gás, normalmente são os custos fixos mais comuns. E aí está, nos dias de hoje, nem toda a gente se preocupa com os lucros e os prejuízos de uma empresa. Neste hotel ainda não há a preocupação que existe na maioria dos hoteis deste país em que as toalhas apenas são substituídas quando os hospedes as colocam no chão. Eles mudam as toalhas todos os dias... A minha intenção é enviar um email para o hotel em questão, e propor que o façam, para o bem do ambiente, mas também para o negócio deles.

Os copos disponíveis no wc ainda vêm envoltos em plástico. Eu apenas usei porque actualmente tenho que usar uma goteira para os dentes e o elixir da georganics é uma boa ajuda na limpeza, mas como deixei o líquido verde de um dia para o outro, consegui que não me fosse substituído. Menos um desperdício.

                        


No segundo dia, entre outros locais, passamos em São Martinho do Porto para visitar, pois eu ainda não conhecia, e para almoçar.
O local escolhido já era habitual dos meus tios, mas por meu espanto e agrado tinham pratos vegetarianos. Escolhi feijoada vegetariana. E vos digo, uma delícia, e posso dizer-vos que de todos os dias foi dos pratos mais completos que comi. Aproveitei que as minhas tias quiseram salada fria, para também comer legumes crus, além daqueles que vinha cozinhados no meu prato.

                            

...

Hello everyone!

The first stay was at Hotel Fatima, and I tell you there is still a lot to do in hotels.

For years, I thought small details and care for the environment, but also with the very internal management of a hotel. Since anyone who cares about the environment, also cares about the "pocket" itself, profits, losses of a business. As everyone knows, a business, or business, has fixed costs, especially those who have an open house or an office and therefore, water, electricity and gas are usually the most common fixed costs. And there it is, today, not everyone cares about the profits and losses of a company. In this hotel there is still the concern that exists in the majority of the hotels of this country in which the towels are only replaced when the guests place them on the ground. They change towels every day ... My intention is to send an email to the hotel in question, and propose that they do so, for the sake of the environment, but also for their business.


The cups available in the toilet are still wrapped in plastic. I only used it because I currently have to use a gutter for the teeth and the elixir of the georganics is a good aid in cleaning, but since I left the green liquid overnight, I was not replaced. Less a waste.

                              

On the second day, among other places, we went to São Martinho do Porto to visit, because I still didn't know, but also to have lunch.

The location chosen was customary for my uncles, but for my astonishment and pleasure they had vegetarian dishes. I chose vegetarian beans. And I tell you, a delight, and I can tell you that every day was the most complete dishes I ate. I took advantage of the fact that my aunts wanted cold salad, to eat raw vegetables, besides the ones cooked on my plate.

                         



terça-feira, 26 de junho de 2018

Um pequeno passeio em família - Parte II

Olá a todos!

A viagem continua...

A primeira paragem foi em Tomar. O almoço foi num restaurante italiano, portanto foi fácil a decisão do prato a comer. Não foi um prato dito completo para um vegetariano, mas era o que havia e como sou gulosa, defendi-me com a sobremesa. 


                                 

Uma coisa que me agradou imenso, foi o facto de a água que foi pedida vir em garrafa de vidro e não de plástico. Aliás durante estas mini férias, apenas um local nos serviu água em garrafa de plástico. O que noto é que a zona centro e sul do país, os restaurantes fornecem quase sempre garrafas de água, de vidro. Já cá em cima, no norte, o mesmo tipo de restaurantes optam quase sempre por garrafas de plástico. E eu questiono-me, porque é que isto acontece? vocês também sentem isso? que opinião têm? Os guardanapos quase sempre são guardanapos de papel.


Chegada a Fátima, o primeiro dia de jantar também não foi nada como deveria ser, no entanto, o restaurante tinha prato vegetariano. Ainda há muita falta de informação, a meu ver nesta área. Os restaurantes ainda não percebem o que quer dizer vegetariano e acham que uns vegetais e uns hidratos de carbono, faz um prato vegetariano. Faz, mas muito incompleto. Aqui fica o prato principal e a sobremesa do primeiro jantar em Fátima.


                     

...

Hello everyone!

The trip continues ...

The first stop was in Tomar. Lunch was in an Italian restaurant so it was easy to decide the dish to eat. It was not a complete dish for a vegetarian, but it was what I had and how greedy I was, I defended myself with dessert.


                     

One thing that pleased me immensely was the fact that the water that was ordered came in a glass bottle and not plastic. Incidentally during these mini vacations, only one place served us water in plastic bottle. What I notice is that the central and southern part of the country, restaurants almost always provide bottled water, glass. Up in the north, the same kind of restaurants almost always opt for plastic bottles. And I wonder, why does this happen? Do you feel it too? What's your opinion? Napkins are almost always paper napkins.



Arriving in Fatima, the first day of dinner was also nothing like it should be, however the restaurant had vegetarian platter. There is still much lack of information, as I see it in this area. Restaurants still do not realize what they mean by vegetarian and find that vegetables and carbohydrates make a vegetarian dish. It does, but very incomplete. Here is the main course and dessert of the first dinner in Fatima. 

                   

terça-feira, 19 de junho de 2018

O dia em que unimos forças

Foi no penúltimo dia do segundo mês do ano que tudo começou!

Conhecemo-nos em Agosto de 2017 no pique-nique do primeiro aniversário do grupo de facebook Lixo Zero Portugal, a que ambas pertencemos, e foi aí que partilhamos intenções de fazermos algo mais prático do que cada uma de nós já o fazia e ainda o faz nos seus blogs, e no seu dia a dia.

Em Fevereiro deste ano, o Day by day for Zero Waste e o Zero Waste Kids reuniram forças e formaram o Zero Waste Porto Network, por achar que localmente seria importante "pôr as mãos na massa" e começar a incentivar pequenas mudanças práticas, que terão um impacto enorme localmente, mas também a nível global no planeta. 
Já temos página de facebook, e de instagram e temos email, caso nos queiram contactar por essa via.

O nosso primeiro evento decorreu no dia 14 de Abril, uma limpeza de praia, nas Dunas da Reserva Natural local do Estuário do Douro. No dia tivemos uma boa surpresa, a Terras de Gaia fez uma pequena reportagem sobre o nosso projecto. Ao qual ficamos muito orgulhosas por poder também desta forma divulgar o Zero Waste Porto Network.



Entre vários espaços intervencionados, foi no bar café das piscinas do fluvial que conseguimos o impensável ao fim de cerca de dois meses da intervenção. A erradicação total das palhinhas neste café. Estamos uma vez mais muito contentes e orgulhosas desta grande conquista, um passo tão pequeno com um enorme contributo. Um bem haja às piscinas do fluvial




Entretanto, formamos o grupo Zero Waste Porto Network, no facebook, apenas para membros interessados em fazer algo prático na nossa comunidade. 
Há muita coisa para mudar e quantos mais pensarmos que por muito pouco que façamos, fazemos muito e que todos os braços são bem vindos, o Zero Waste Porto Network está de portas abertas para vos acolher, pois só juntos poderemos chegar mais longe e a um bom resultado. 

Por isso, se estás de passagem pelo Porto, se vives cá, ou se apenas trabalhas cá, mas queres fazer algo prático, junta-te a nós.

...

It was on the penultimate day of the second month of the year that it all began!

We met in August 2017 on the first anniversary of the Facebook group Lixo Zero Portugal, to which we both belong, and it was there that we shared our intentions to do something more practical than each of us already did and yet does it in your blogs, and in your day to day.

In February of this year, Day by day for Zero Waste and Zero Waste Kids joined forces and formed the Zero Waste Porto Network because it felt it would be locally important to "get your hands dirty" and start encouraging small practical changes. a huge impact locally, but also globally on the planet.


We already have facebook page, and instagram and we have email, if you want to contact us via this route.

Our first event took place on April 14, a beach cleaning, in the Dunes of the local Nature Reserve of the Douro Estuary. On the day we had a good surprise, Terras de Gaia did a little report about our project. To which we are very proud to be able to also disclose the Zero Waste Porto Network.



Among several spaces intervened, it was in the coffee bar of the fluvial pools that we achieved the unthinkable after about two months of intervention. Total eradication of straws in this coffee. We are once again very pleased and proud of this great achievement, such a small step with a huge contribution. Our thanks to the fluvial pools.




In the meantime, we formed the Zero Waste Porto Network group on facebook, only for members interested in doing something practical in our community.
There is a lot to change and the more we think about how little we do, we do a lot and all arms are welcome, the Zero Waste Porto Network is open to welcome you, because only together we can go further and a good result.

So if you're passing through the Port, if you live here, or if you just work here, but you want to do something practical, join us.

segunda-feira, 4 de junho de 2018

DIA MUNDIAL DO AMBIENTE



Olá a todos!

Hoje venho partilhar convosco um pequeno desafio para não fazer esquecer a tão importante mudança de comportamentos para o não desperdício.

Amanhã é dia do Ambiente e o @daybydayforzerowaste e @a.face.verde prepararam um desafio.

Então aqui vai:

Partilhar no teu perfil o que tens feito desde o inicio do ano para reduzires a tua pegada neste planeta e o que pretendes fazer durante o resto do ano.

Regras:
1- Podes fazê-lo no teu perfil, de instagram ou no Facebook ou em ambos;

2- Se preferires partilha tudo num só dia ou durante esta semana;

3- Usa a hastag #diadoambiente2018 e taga o @daybydayforzerowaste e @a.face.verde 

Quem está connosco neste desafio?

Podemos contar contigo?

O nosso planeta precisa tanto de nós, como nós precisamos dele.

É urgente mostrar que há outras soluções

...

Hello everyone!

Today I come to share with you a small challenge not to forget the important change in behavior for non-waste.

Tomorrow is Environment day and @daybydayforzerowaste and @a.face.verde prepared a challenge.

So here goes:

Share in your profile what you have done since the beginning of the year to reduce your footprint on this planet and what you intend to do during the rest of the year.

Rules:

1- You can do it in your profile, instagram or Facebook or both;

2- If you prefer sharing everything in one day or during this week;

3- Uses up to # diadoambiente2018 and sets @daybydayforzerowaste and @a.face.verde


Who is with us in this challenge?

Can we count on you?

Our planet needs us as much as we need it.

It is urgent to show that there are other

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Um pequeno passeio em familia - Parte I

Olá a todos!

Hoje e nas próximas publicações irei partilhar convosco as minhas mini férias, que fiz com as minhas tias, aqui em Portugal. Fiquei a pensar que ainda há muita coisa a fazer, mas que com força de vontade de nós mesmos, muita mudança é possível fazer e que nada é impossível. Fiquem por aí que partilharei convosco todos os pormenores... os bons e os menos bons ;)

Irei falar-vos como é possível ou não, viajar fazendo o mínimo lixo possível e como correu nos restaurantes, agora que estou em transição para o vegetarianismo.

Desde que mudei comportamentos, ao nível da alimentação e desperdício zero é a primeira experiência que tive, fora de casa e por tantos dias.

Foi no inicio do mês passado que fui passear com as minhas tias. Ficamos dois dias em Fátima e dois dias em Évora.

Levei o meu kit habitual comigo. Copo reutilizável, garrafa de água com filtro de carvão (Eau Good vidro), talheres e ainda levei as minhas marmitas Eco Brotbox para a viagem com frutos secos e bolachas de aveia (receita da @dicasdaoksi) para evitar ao máximo comprar snacks embalados durante a viagem sempre que apertava a fome. A minha mochila fazia tanto barulho que as minhas tias brincavam comigo, dizendo que trazia os tachos atrás, mas eu não me importava nada com isso, porque o importante foi a minha consciência que estava leve, leve :) 
Paramos numa estação de serviço habitual, para esticar as pernas, ir ao wc e para o condutor tomar um cafezinho e comer algo pois já apertava o estômago. Pedi um sumo de laranja natural e percebi que era servidos em copo de plástico com tampa de plástico :( , questionei se não havia copos de vidro, ao qual me disseram que não. Então pedi que me fosse servido no meu copo reutilizável. Só depois de pago e servido, me apercebi que em vez de me tirarem, um sumo, espremido na hora, me colocaram o sumo que já se encontrava num dos copos que já estava à espera de serem vendido! porque o meu copo era maior do que a medida que vendiam! WTF??? ... ainda há muito a fazer neste campo, por favor, se pararem nas nossas estações de serviço das nossas auto estradas, peçam para serem servidos nos vossos copos reutilizáveis, só assim conseguiremos mudar mentalidades em todo o lado.




...

Hello everyone!

Today and in the next publications I will share with you my mini vacations, which I did with my aunts, here in Portugal. I was left to think that there is still much to do, but that with self-will, much change is possible and nothing is impossible. I'll share with you all the details ... the good ones and the less good ones ;)

I'll talk to you about how it's possible or not, travel with as little trash as possible, and run around in restaurants, now that I'm transitioning to vegetarianism.

Since I changed behavior, food and zero waste is the first experience I've had, away from home and for so many days.

It as at the beginning of last month that I went for a walk with my aunts. We stayed two days in Fátima and two days in Évora.

I took usual kit with me. Reusable glass, carbonated water bottle (Eau Good glass), cutlery and even I took my Eco Brotbox kettles for the trip with nuts and oatmeal cookies (@dicasdaoksi recipe) to avoid to the maximum buying packaged snacks during the trip whenever I was hungry. My backpack made so much noise that my aunts played with me, saying that I brought the pots back, but I didn't care about it, because the important thing was my conscience that was light, light :)

We stopped at a regular service station, but stretched out our legs, went to the toilet and the driver had a cup of coffee and had something to eat because it was already tight in the stomach. I ordered a natural orange juice and realized it was served in a plastic cup with a plastic lid :( I asked if there were no cup of glass, which I was told not to, so I asked to be served in my reusable glass. When I paid and the juice was served, I realized, that instead of being taken out, a juice, freshly squeezed, put the juice that was already in one of the plastic cup that was waiting to be sold, because my reusable cup was bigger than the others ... WTF???? ... there is still a lot to do in this field, but please, if you stop at our service stations on our highways, ask to be served in your reusable cups, only then will we be able to change mentalities around the side. 



sexta-feira, 4 de maio de 2018

E quando este estilo de vida nos pode levar para o extremismo?

Olá a todos!

Após uma conversa com a Filipa Jordão, do blog A Face Verde, uma dúvida que lhe surgiu e partilhou comigo,  e também no seu blog, fiquei a pensar que já me tinha acontecido o mesmo, e que muitas vezes me encontro numa situação de análise e me questiono por qual decisão tomar.

E quando este estilo de vida nos pode levar para o extremismo? ... devemos ser extremistas? ou viver em comunidade e com algum conforto?

Detesto extremismo de todo o tipo! só por esse facto, não poderei levar este estilo de vida para esse lado, nem quero. Pensando bem acho que já estava a levar ao extremo, pois como vocês sabem, vivo com um não Zero Waster e portanto, após a conversa com a Filipa dei por mim a perceber que já começava a ser extremista.

Dei por mim a ficar enervada com o meu "namorido" (namorado - marido) como eu carinhosamente o chamo, com a não capacidade de ele não mudar para as coisas que eu acredito e defendo, e me esquecia que até morarmos juntos (que não faz assim tanto tempo, quase dois anos) ele não separava o lixo. Portanto, não posso exigir dele o mesmo que exijo a mim mesma, até porque isso pode levar a uma ruptura que eu mesma não quero, portanto, tive que recuar um pouco e andar mais devagar, fazer passos mais pequenos a cada dia.

E quando o vegetarianismo é muitas vezes contra o Zero Waste?

Alguns de vós já sabem que venho alterando a minha alimentação para o vegetarianismo desde o inicio deste ano, e como me tenho que alimentar melhor (já que anteriormente não pensava tanto nisso), tenho frequentado workshops de alimentação vegetariana, dou por mim a pensar que alguns ingredientes não são possível comprar sem ser em embalagens de plástico :(
O que farias, ou fazes numa situação destas?
Por exemplo, a manteiga de amendoim, optei por comprar a embalagem maior, mas assim que ela acabar irei aventurar-me a fazê-la em casa (eu não tenho um processador de alimentos potente), mas o xarope de tâmaras, que nos permite adoçar muitos pratos (eu adoro doce) apenas encontramos em embalagem de plástico e não sei como o fazer em casa, sinceramente. Alguém sabe?

Acredito que se cada um fizer um pouco já estará a fazer muito por este planeta. Por isso é tão importante sensibilizar mais pessoas a fazer algo, pois assim não temos que ser extremistas e fazer sacrifícios da nossa vida em sociedade para salvar o planeta. 

Concluo portanto, que Zero Waste propriamente dito não existe, mas devemos pensar bem em reduzir ao máximo o nosso consumo, para o estritamente necessário para cada um de nós como indivíduos, mas também como indivíduos dentro de uma comunidade, sem risco de muitas vezes afectar essa relação humana com os outros.

Devemos sensibilizar os outros para o mesmo, mas não podemos obrigá-los a chegar ao mesmo patamar que nós mesmos pretendemos chegar!

...
Hello everyone!

After a conversation with Filipa Jordão, from the blog A Face Verde, a doubt that came up and shared with me, but also in her blog. I was thinking that I had already happened the same and that I am often in a situation of analysis and I wonder what decision to make.

And when can this lifestyle lead us to extremism?... should we be extremists? or live in community and with some comfort?

I hate extremism of any kind! just for that fact, I can not take this lifestyle to the side, nor do I want to. Thinking well I was already taking to the extreme, because as you know I live with a non Zero Waster and therefore, after the conversation with Filipa I found myself realizing that I was already starting to be extremist.

I gave myself up to be unnerved by my "boyfrihusband" (boyfriend-husband) as I affectionately call him, with his not being able to change into the things I believe and defend, and I forgot that we  didn't even lived together it's been so long, almost two years) he didn't separate the garbage, so I can't demand of him the same thing that I demand from myself, because this can lead to a break that I don't want, so I had to back off a bit and walk more slowly, take smaller steps every day.

And when is vegetarianism often against Zero Waste?

Some of you already know that I have been changing my diet for vegetarianism since the beginning of this year, and since I have to feed myself better (since I didn't think about it that much earlier), I give myself to think that some ingredients are not possible to buy without being in plastic packaging :(

What would you do, or do you do in such a situation?

For example, peanut butter, I chose to buy the larger package, but as soon as it's over I'll venture to do at home (I don't have a potent food processor), but the date syrup, which allows us sweeten many dishes (I love sweet) just found in plastic packaging and don't know how to do it at home, honestly.
Anyone know?

I believe that if everyone does a little, we will be doing a lot for this planet. That's why it+s so important to sensitive more people to do something, so we don't have to be extremists and make sacrifices from our life in society to save the planet.

I conclude, therefore, that Zero Waste itself doesn't exist, but we should think well of reducing our consumption to the maximum, strictly necessary for each of us as individuals, but also as individuals within a community, without risk of often affecting this human relationship with others.

We must sensitize others to the same, bur we can't force them to reach the same level that we ourserlves intend to reach!

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Ponto de Situação

Olá a todos!

O post de hoje é para vos dizer que cada vez é mais difícil vir aqui escrever. Não que não tenha tempo, felizmente agora já tenho tempo para partilhar convosco o que vou fazendo, mas ter temas diferentes do que faço é cada vez mais difícil. No inicio desta jornada, como tinha que alterar muita coisa, tinha muitos temas para falar todas as semanas, mas atualmente já não é assim.

Por isso, e para não estar sempre a pedir-vos desculpa, por não ter vindo aqui, sempre que se proporcionar uma nova mudança na minha vida, virei escrever-vos e partilhar-vos que foi possível, essa mudança. Pode acontecer, conseguir voltar a escrever todas as semanas, mas assim caso não aconteça, vocês saberão que me poderão acompanhar nas duas outras plataformas sociais.

Até lá, vou tentar melhorar os acessos aqui no blog. Gostava muito e conseguir interligar os acessos à página de instagram e facebook do Day by day for Zero Waste de forma a que me possam ver em todas as plataformas sempre que desejarem.

Irei continuar a partilhar aqui, no separador das receitas, os pratos ou as dicas culinárias da minha mudança alimentar. Podem espreitar, já lá tem algumas novidades.

Irei partilhar limpezas de praia na minha página de facebook em que o Day by day for Zero Waste irá participar, mas também muitas outras que irão decorrer, espalhadas pelo país inteiro.

Vejo-vos em breve!

..............

Hello everyone!

Today's post is to tell you that it is getting harder to come here to write. Not that I do not have time, fortunately now I have time to share with you what I am doing, but having different themes of what I do is increasingly difficult. At the beginning of this journey, as I had to change a lot, I had many themes to talk about every week, but today it is not like that anymore.

For this reason, and not to be always apologizing for not coming here, whenever a new change is offered in my life, I will come to write to you and share with you that it was possible, that change. It may happen, I can write again every week, but if it does not happen then you will know that you can accompany me on the two other social platforms.

Until then, I'll try to improve the hits here on the blog. I really liked it and managed to link the hits to the Day by day for Zero Waste instagram and facebook page so that they can see me on all platforms whenever they want.

I will continue to share here, in the recipes tab, the dishes or the culinary tips of my food change. You can peek, there's some news already.

I will share beach cleanings on my Facebook page where Day by day for Zero Waste will participate, but also many others that will take place, scattered throughout the country.

See you soon!

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Rendida a uma marca

Antes de mais desculpem-me não ter escrito na semana passada, mas nem sempre as semanas são iguais, de trabalho e de descanso.

First of all, I'm sorry I did not write last week, but weeks are not always the same, work and rest.

Pois é, rendi-me a uma marca! ... Georganics

Yes, I surrendered to a brand! Georganics

Conheci esta marca através do mind the trash com a pasta dos dentes em hortelã pimenta (que já vos falei dela), durou-me quase 5 meses, um sonho. 
Enquanto o meu namorado gastou quase três pastas das comerciais (sim ele ainda não se adaptou às pastas sem espuma), eu gastei a minha da Georganics.

I met this brand through mind the trash with peppermint toothpaste (I've already told you about it), it lasted me almost 5 months, a dream.
While my boyfriend spent almost three folders on the commercials (yes he still did not adapt to the folders without foam), I spent mine from Georganics.

No inicio deste mês, resolvi experimentar a de carvão ativado, o meu feedback relativamente a esta pasta, é que é muito mais pastosa, e com menos espuma que a de hortelã pimenta e tem um paladar refrescante.
 Já noto alguma diferença de tonalidade nos meus dentes (esta é branqueadora).

Earlier this month, I decided to try the activated carbon, my feedback regarding this paste, is that it is much more pasty, and with less foam than peppermint and has a refreshing taste.
I notice some difference in shade in my teeth (this is whitening).

Na viagem a Lisboa, em Janeiro, visitei a loja Sapato Verde, que há muito queria conhecer. Foi lá que encontrei as pastinhas elixir e resolvi comprar para experimentar. Aviso já que nada tem a ver com os elixir convencionais. A primeira vez, estranha-se, mas depois entranha-se eheheh
Para mim é suficiente uma pastilha de cada vez. Mas não uso sempre que lavo os dentes, apenas no final do pequeno-almoço, ou após o uso do fio dental. Como uso goteira corretiva nos dentes convém não deixar nenhum resto de comida.

On the trip to Lisbon in January, I visited the Sapato Verde store, which I had long wanted to meet. It was there that I found the elixir pasties and I decided to buy them to try. Warning since it has nothing to do with conventional elixir. The first time, strange, but then eheheh
For me one tablet is enough at a time. But I do not use it every time I wash my teeth, just at the end of breakfast, or after flossing. How to use corrective gutter in the teeth should not leave any food left.

E por falar em fio dental, também ele é da mesma marca :) pois é, nesta jornada para o Zero Desperdício, devemos procurar alternativas que se enquadrem com o nosso estilo de vida, mas também que não agridam o ambiente. 
Todas as embalagens no mercado têm plástico, e vou confidenciar-vos que sempre me irritou o uso do fio dental, porque não me ajeitava, porque ou gastava sempre muito até sentir que estava limpo correctamente, ou então desintegrava-se facilmente. No entanto, o meu dentista sempre insistiu comigo para que usasse, e agora que deixei de usar aparelho fixo achei que deveria usar.
Este fio dental é natural de carvão de fibra de bambu 100% sustentável, com cera de abelha (vegans, penso que irá surgir uma sem cera de abelha, mas por favor, questionem o mind the trash que vos esclarecerá sobre esse assunto) e óleo essencial de menta. Vem armazenado numa embalagem de vidro, sem plástico, com tampa metálica que permite cortar o fio de uma maneira muito simples e prática. Esta embalagem de vidro vem embalado numa caixa de cartão biodegradável e comportável, totalmente livre de plástico.

And speaking of dental floss, he is also of the same brand :) because it is on this journey to Zero Waste, we should look for alternatives that fit our lifestyle, but also that do not hurt the environment.
All the packages on the market have plastic, and I will tell you that I have always been irritated by the use of dental floss because I did not settle for it because I always spent a lot of time until I felt that it was properly cleaned, or it easily disintegrated. However, my dentist has always urged me to use it, and now that I have stopped using a fixed appliance I thought I should use it.
This floss is natural 100% bamboo fiber charcoal sustainable with beeswax (vegans, I think there will be one without beeswax, but please, ask the mind the trash that will clarify you on this subject) and oil mint essential. It is stored in a glass container, without plastic, with a metal lid that allows to cut the wire in a very simple and practical way. This glass packaging comes packed in a biodegradable and portable carton, totally free of plastic.



terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Dia Internacional Sem Palhinha

No passado dia 3 de Fevereiro, sábado, foi o Dia Internacional Sem palhinha.

On the 3rd of February, Saturday, it was the International Day No straw.



Pois é, ao que o planeta chegou! ter que haver um dia internacional para festejar algo que não devia existir! algo tão insignificante, mas tão catastrófico para o ambiente.

Yes, the planet has arrived! to have an international day to celebrate something that should not exist! something so insignificant, but so catastrophic for the environment.

Mas como Zero Waster e já que o dia existe, não devemos deixá-lo passar e devemos fazer algo em comunidade para que um dia deixe de ser preciso "festejá-lo" porque já não existem! Pelo menos as de plástico e descartáveis.

But as Zero Waster and since the day exists, we must not let it pass and we must do something in community so that one day it is no longer necessary to "celebrate" because they no longer exist! At least plastic and disposable.

Como tal, para registar o dia, o Daybydayforzerowaste e a Ana do Lixo Zero Portugal andaram pelas ruas do Porto a distribuir alguns folhetos (ver abaixo), e a passar a mensagem. Ninguém tinha conhecimento que esse dia existia, nem muito menos que era no sábado passado. E todos acharam que realmente nem deviam existir, porque não servem para nada.

Os folhetos foram elaborados pelo Mind the trash em parceria com a comunidade Lixo Zero Portugal.

The leaflets were prepared by Mind the trash in partnership with the community Lixo Zero Portugal.


                  


As such, to register the day, Daybydayforzerowaste and Ana do Lixo Zero Portugal walked through the streets of Porto to distribute some leaflets (see below), and to pass on the message. Nobody was aware that this day existed, much less it was last Saturday. And they all thought that they really should not even exist, because they are of no use.

É emergente deixarmos de usar palhinhas descartáveis! As consequências no mundo animal, principalmente marinho, é catastrófico.

It is emerging to stop using disposable straws! The consequences in the animal world, especially marine, are catastrophic.

Tal como a Ana do Lixo Zero Portugal, também o Day by day for Zero Waste reforça o agradecimento ao estabelecimento Alambique no Porto por já não as disponibilizar ao público. 

Like Ana do Lixo Zero Portugal, Day by day for Zero Waste also reinforces the thanks to the Alambique establishment in Porto for not making them available to the public anymore.

Aliás, este espaço prima pelo Zero Desperdício, e pelo cuidado com o ambiente. Os sacos do café, estão cheios, e não de café em grão, mas de borras de café, para posteriormente serem colocadas como adubo. Sim o Alambique tem essa preocupação, e antes de tomar essa decisão, informou-se para saber se estaria a ajudar o planeta ou a prejudicá-lo.

Incidentally, this space excels by Zero Waste, and by the care of the environment. The coffee bags are full, not coffee beans, but coffee grounds, and then put as fertilizer. Yes the Alembic has this concern, and before making that decision, he was informed to know if it would be to help the planet or to harm it.

O chá vem em saquetas, biodegradáveis, mas de comercio justo, em que uma cota é para a comunidade que o planta, colhe e prepara na cidade do Congo, dito pela própria voz do espaço.

Tea comes in sachets, biodegradable, but fair trade, in which a quota is for the community that plants, harvests and prepares in the city of Congo, said by the own voice of space.

Já aqui partilhei convosco, que os embrulhos das lembranças, são igualmente amigas do ambiente, assim como amigas do antigamente :)

Already here I shared with you, that the wrapping of the memories, are equally environmental friendly, as well as friends of the old :)

O Alambique é uma cafetaria, livraria e espaço design, digno de ser visitado!

The Alambique is a coffeeshop, bookstore and design space, worthy of being visited!

Se não conhecem devem visitá-lo e quem não o pode fazer presencialmente, deve seguir a página de instagram Alambique_porto  sempre que entro na loja, viajo no tempo!

If they do not know they should visit it and who can not do it in person, they should follow the instagram page Alambique_porto whenever I enter the store, I travel in time!